Translate

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

TRAILER COMENTADO: “X-Men: Apocalypse”



Em junho de 2011, o diretor Matthew Vaughn (Kick-Ass), baseado no roteiro escrito por ele, Ashley Miller (Thor), Zack Stentz (Thor) e Jane Goldman (Kingsman: Serviço Secreto), deu o ponto zero da nova franquia dos mutantes da Marvel Comics com “X-Men: Primeira Classe”. Nele vemos a formação do grupo, a amizade do Professor Charles Xavier e Erik Lensherr e um dos maiores grupos inimigos dos X-Men, o Clube do Inferno. Mas também vemos elementos que foram criados para o filme, como a relação fraternal entre Xavier e Raven, a criação do Cérebro pelas mãos de Hank McCoy, o envolvimento de Sebastian Shaw com o desenvolvimento dos poderes de Erik Lensherr.
Depois disso, o diretor Bryan Singer retornou a franquia. Depois de dirigir dois filmes dos X-Men e ser o diretor do fracassado “Superman: O Retorno”, Singer dirigiu dois filmes para a TV, além de dirigir “Operação Valquíria” (2008) e “Jack, o Caçador de Gigantes” (2013). Seu retorno aconteceu em “X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido”, que mistura o passado e o futuro dos personagens mutantes. Na história, Wolverine viaja no tempo na intenção de impedir que Mística mate o Dr. Bolivar Trask, criador dos Sentinelas, robôs gigantes que conseguem se adaptar a cada mutante, podendo até mesmo mata-lo. As coisas não saem como ele espera, mas o futuro é modificado e tudo é reinicado.
Em 19 de maio de 2016 estreará o filme “X-Men: Apocalypse” dando continuação aos acontecimentos que finalizaram em 2014, nos pós-créditos de seu antecessor. Nesta cena, vemos En Sabah Nur construindo uma pirâmide e sendo louvado, mostrando que o futuro inimigo dos X-Men é extremamente poderoso.
No dia 11/12/2015, a Twentieth Century Fox lançou o primeiro trailer do filme. Isso veio depois dos trailers “Capitão América 3: Guerra Civil” e “Batman vs. Superman: A Origem da Justiça”, que já deixaram os fãs de filmes de super-heróis em polvorosa. Até o momento, tudo que havia se visto eram imagens do set ou fotos divulgadas na revista Entertainment, que deixaram muitos fãs – meio – decepcionados com o Apocalypse do filme. Muitos falavam, “quando colocarem no filme, vai ficar melhor”, e o trailer nos mostrou que isso era verdade.
Vamos ao trailer, que começa com imagens dispersas de cenas do próprio. Então começamos com Jean Grey despertando de um pesadelo para dizer o professor Xavier que viu o fim do mundo e este lhe fala que não passa de um sonho. Passamos para os nomes aos quais Apocalypse era chamado no decorrer de sua vida, todos deuses dos povos antigos, daí então Xavier e Alex Summers se encontram com a agente da CIA, Moira MacTaggert, que lhes fala sobre sociedades secretas que veem Apocalypse como um presságio de que o fim está próximo. Que ele fora o primeiro mutante do mundo, nascido há anos.
Na sequência temos um breve discurso de Apocalypse mostrando novos mutantes que aparecerão nesse filme – Noturno e Jubileu – e velhos conhecidos da franquia, como Fera e Mística, fechando com Xavier. Partimos para outras cenas, iniciando com Magneto encontrando Apocalypse e Tempestade. Moira então segue explicando que Apocalypse sempre reaparece seguido por quatro guerreiros, conhecidos como os Cavaleiros de Apocalypse, mostrando imagens de Tempestade, Arcanjo, Psilocke e Magneto. Daí então temos Xavier conectado ao Cérebro, e uma cena com ele sendo carregado por Magneto, quando a mansão parece estar sendo atacado por Apocalypse e seus Cavaleiros e levam Xavier. McCoy e Mística conversam sobre o retorno dos X-Men e ela confessa que está ali para ajudar ao grupo a encarar essa nova ameaça.
Na continuidade, Ciclope confessa não conseguir controlar seus poderes, Mística lhe fala que não é necessário isso, pois eles estão em guerra. Então temos momentos de Magneto usando seus poderes, Arcanjo disparando suas “penas”, Mercúrio correndo dentro da Mansão X, Tempestade surgindo com raios elétricos, uma explosão dentro da Mansão X, isso tudo ladeado por Apocalypse declamando a construção de um novo mundo para os mutantes. A cena fecha com explosões no que parece ser o canal que separa Manhattan de Nova Iorque e Xavier sendo tomado por alguma coisa – na falta de uma palavra melhor. Ao final do trailer uma porta se abre e vemos Xavier careca.
O que falar do trailer? Bem, tudo é diferente, lembrando as histórias de “O que Aconteceria se...”. Ororo Munroe, Warren Wortington III e Betsy Braddock – também conhecidos como Tempestade, Arcanjo e Psylocke – são asseclas de Apocalypse e nunca foram membros dos X-Men. Daí podemos concluir que os eventos que ocorreram em “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido” terminaram interferindo na formação do grupo dos cinemas, pois teremos Jubileu e Noturno integrando o grupo. É interessante também vermos que, aparentemente, a importância de Alex Summers cresceu nesse novo filme. Enquanto Xavier conversa com Moira, o jovem está ao lado do seu mentor, e ele também aparece na cena do sequestro de Charles.
Como nos filmes anteriores, os três personagens de grande importância continuarão sendo Xavier, Magneto e Mística, mesmo que a figura central seja Apocalypse. Tiramos isso pelas cenas mostradas, onde a importância dos três parece essencial para o filme. Não tiro mérito dos personagens, pois demonstraram um grande crescimento na medida em que os filmes eram desenvolvidos, então era de se esperar. Não vemos ainda Caliban, mas creio que ele terá sua importância. Eu acredito que mais uma vez a Fox tenha um sucesso em mãos com “X-Men: Apocalypse”.
“X-Men: Apocalypse” tem direção de Bryan Singer, baseado no roteiro de Simon Kinberg. No elenco temos Jennifer Lawrence (Raven Darkhölme/Mística), Michael Fassbender (Erik Lensherr/Magneto), James McAvoy (Charles Xavier), Oscar Isaac (Em Sabah Nur/Apocalypse), Nicholas Hoult (Hank McCoy/Fera), Rose Byrne (Moira MacTaggert), Lucas Till (Alex Summers/Destrutor), Sophie Turner (Jean Grey), Tye Sheridan (Scott Summers/Ciclope), Evan Peters (Peter Maximoff/Mercúrio), Olivia Munn (Betsy Braddock/Psilocke), Alexandra Shipp (Ororo Munroe/Tempestade), Ben Hardy (Warren Wortington III/Arcanjo), Lana Condor (Jabilation Lee/Jubileu), Kodi Smit-McPhee (Kurt Wagner/Noturno), Josh Helman (William Stryker) e Tómas Lemarquis (Caliban). O filme tem estreia marcada, no Brasil, no dia 19/05/2016.