Translate

sábado, 14 de março de 2015

Tron 3 acontecerá?

Não é nada certo ainda, mas o Screenrant publicou nessa semana que a sequência de “Tron: O Legado” deve começar em outubro deste ano e o diretor Joseph Kosinski retorna para dirigi-lo.

Tron Legacy SequelEm 2010, quando a Disney lançou “Tron: O Legado”, sequência do clássico “Tron: Uma Odisséia Eletrônica”, de 1982, a expectativa era grande, ainda mais com o uso da tecnologia 3D no filme, mas um gama de fãs do primeiro não gostou muito do resultado final da continuação (NÃO me incluo entre eles), como é costume das pessoas que é chegada em um xiitismo e haterismo com novas filmagens de clássicos. Com isso, o terceiro filme ficou à deriva, esperando que a Disney Pictures desse sinal verde para ele.

Bem, a Disney ainda não sinalizou nada, mas de acordo com o The Hollywood Reporter, Kosinski, que foi o responsável pelo segundo filme acontecer, deve retornar à cadeira de diretor. As possibilidades do filmes sair são grandes, já que a Disney Pictures sempre desejou isso, e a aceitação do filme na venda de DVDs/Blu-Rays e a ótima recepção da série animada Tron: Uprising (encerrada antes de ser finalizada), podem motivá-lo a ir para a tela grande. Acredita-se que, com isso, o ator Garrett Hedlund deva retornar ao papel de Sam Flynn, a atriz Olivia Wilde retorne como Quorra e o ator Bruce Boxleitner retorne aos personagens Alan Bradley e Tron.

Se o filme acontecer, o diretor revela que o tom será mais escuro, dizendo que será o seu “O Império Contra-Ataca”, em referência ao episódio V da franquia Star Wars. Ele também falou que buscará usar elementos que foram deixados de lado em “O Legado”, bem como explorará melhor os ISOs, principalmente a personagem Quorra. O triste é você ver que outros personagens não chegam nem a serem citados, como se fossem deixados de lado no novo filme.quorra

A maior dúvida é se o filme acontecerá mesmo ou se tudo não passa de rumores e boatos. Vamos esperar por mais notícias, que deverão acontecer em breve, se as filmagens forem confirmadas mesmo para outubro de 2015.