Translate

domingo, 29 de março de 2015

RESENHA SÉRIES: Star Wars Rebels

 

StarWarsRebelsPosterO Império dominou a República e poucos fazem parte da resistência, ainda mais quando o Jedi Anakin Skywalker atacou o Templo Jedi e matou milhares e, depois de derrotado pelo seu mestre Obi Wan Kenobi se tornou Darth Vader, assolando terror pelos planetas da República. Vários jedis foram chacinados pelo Império Galáctico e uma força rebelde começa a se formar, mas ainda é fraca.

Jovens como Ezra Bridger (Taylor Gray), orfão que vive nas ruas do planeta Lothal, buscam sobreviver nesses tempos difíceis, mas tudo muda quando ele conhece uma diminuta fração da Força Rebelde, formada pela pilota twi’lek Hera Syndulla (Vanessa Marshall), os humanos Kanan Jarrus (Freddie Prinze, Jr.) e Sabine Wren (Tiya Sircar), o lasat Zeb Orrelios (Steve Blum) e o dróide C1-10P (a.k.a. Chopper). Rapidamente ele descobre que sua facilidade em levantar coisas com a mente e ser bem persuasivo é por ele ser ter a Força despertada nele. Também descobre que Kanan era um padawan quando o Império dominou o Senado e tornou o governo em uma ditadura e que sobrevivera ao massacre dos Jedi. A partir daí, Ezra inicia a maior aventura de sua vida e seu treinamento para se tornar um Jedi.

Lógico, não podemos deixar de mencionar o Império Galáctico, que nesse seriado se vê representado – principalmente – pelo  Sif Inquisidor (Jason Isaacs), um dos discípulos de Darth Vader, e pelo agente do Departamento de Segurança Imperial (tradução de Imperial Security Bureau) Kallus (David Oyelowo). Mas em toda a série vemos participações muito especiais, principalmente no episódio final (não vou revelar para não estragar a surpresa). O mais interessante é que a série, que eu não esperava muito, se demonstrou muito boa, desenvolvendo bem todos os personagens e suas personalidades, bem como tendo histórias com enredos muito interessantes e cheios de ação. A história de Ezra é uma busca constante por saber o que ocorrera com seus pais, assim como seu aprendizado na Força. O mais interessante é que ele não é treinado por um mestre Jedi experiente, mas sim por um padawan do mestre Jedi Depa Billaba, conhecido como Kanan Jarrus (seu nome era Caleb Dume, e o mudou por conta da perseguição aos Jedis e padawans).star-wars-rebels-galactic-empire(1)

star-wars-rebels-galactic-empire(2)A série tráz vários atores/dubladores conhecidos por outros trabalhos em seriados e animações. A atriz Vanessa Marshall já fez dublagens para os desenhos Justiça Jovem (como Dinah Laurel Lance/Canário Negro), Liga da Justiça: Ponto de Ignição (Mulher-Maravilha), Os Vingadores – Os Maiores Heróis da Terra (como Natasha Romanoff/Viúva Negra) e Lanterna Verde – A Série Animada (como Galia). O ator Steve Blum já dublou personagens como Sauron (Hulk e os Agentes da S.M.A.S.H.), Heatwave (Transformers: Rescue Bots), Lex Luthor (Liga da Justiça: O Trono de Altantis), Amon (Avatar: A Lenda de Korra), Vilgax (Ben 10: Omniverse) e Wolverine (Ultimate Homem-Aranha). O ator Freddie Prinze, Jr. já atuou em filmes e séries como os thrillers Eu Sei O Que Fizeram No Verão Passado (onde conheceu sua esposa Sarah Michelle Gellar) e Eu Ainda Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado, autou como Fred Jones nos filmes Scooby Doo e Scooby Doo 2: Monstros à Solta, teve sua própria série intitulada Freddie e fez o personagem Donny Crane na série Justiça Sem Limites. A atriz Tiya Sircar esteve em várias séries adolescentes como Zack & Cody: Gêmeos à Bordo (Padma), The Vampire Diaries (Aimee Bradley), As Bruxas de East End (Amy Matthews) e The Crazy Ones (Allie), além de atuar em filmes como Os Estagiários (Neha) e Miss India America (Lily Prasad). Já o jovem Taylor Gray estrelou a série infanto-juvenil da Disney As Aventuras de Bucket & Skinner como Bucket.star-wars-rebels-poster

Apesar da “ferida aberta” que deixou em todo no Universo Expandido de Star Wars, a série Rebels nos dá um novo fôlego. Não sei se algo da animação será usado no filme “Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força”, mas, com certeza, nos dá uma nova visão de como as coisas ocorrem antes do começo desse universo maravilhoso de ficção científica, criado em 1977 por George Lucas. A série é um salto no tempo, pois o Império Galáctico já domina há algum tempo o Senado, bem como Vader já tem discípulos agindo em nome do Império. Mas talvez venha a ter validade.

Se não vale minha palavras, vejamos os números. A série ganhou 78 no Metascore do Metacritic e teve pontuação 8/10 do Rotten Tomatoes, com 85% da audiência gostando. Vale a conferida!

“Star Wars Rebels” renova, na Disney XD, o universo Star Wars e garantiu uma segunda temporada, tendo até mesmo a esposa de Freddie Prinze Jr. (que dubla Kanan Jarrus), Sarah Michelle Gellar, dublando uma personagem. O produtor e criador da série (ao lado de Simon Kinberg e Carrie Beck), Dave Filloni, falou que Gellar é fã de Star Wars e está muito empolgada por embarcar na série. Então podemos esperar mais coisas interessantes na segunda temporada, agora é esperar o começo!