Translate

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

A Terra-2 não é mais a mesma…

Publicado no grupo Revista Mundo dos Super-Heróis em 27/04/2014.

Reassistindo "Secret Origin The History of DC Comics", fiquei pensando: O que deu na cabeça de Dan DiDio, Geoff Johns e Jim Lee para fazer o que fizeram com Terra-2?
Earth 2 #1 coversQuando fizeram Ponto de Ignição, a ideia era um retorno ao status quo: Superman foi o primeiro super-herói da DC Comics e todos os outros vieram no embalo, sendo assim a continuidade em relação à Sociedade da Justiça, que havia agido antes e durante a II Guerra Mundial, muito antes do último filho de Krypton vir à Terra, deveria ser esquecida, mandando os personagens da SJA de volta para a Terra-2. Só que, decidiram modernizar a Terra da SJA. Batman, Superman e Mulher-Maravilha morrem ao enfrentar uma horda alienígena que invadiu a Terra deles, fazendo com que os outros heróis (Flash I, Lanterna Verde I, Átomo I e Mulher-Gavião, inicialmente) surgissem posteriormente. Algumas modificações drásticas foram feitas nos personagens, quebrando por completo a mitologia deles.
Tá, sei que é absurdo um homem ganhar poderes ao respirar gases de Água Dura (fenômeno que existe de verdade e respirar seus gases pode ser mortal), mas era isso poderia ser trabalhado de uma forma que não parecesse tão absurdo.
DC-The-New-FrontierUma das imagens que surgem no documentário é da minissérie DC: The New Frontier, escrita e desenhada por Darwyn Cooke. Cooke demonstra ser um artista que tem enorme respeito pela Era de Ouro e Era de Prata dos quadrinhos, podemos ver isso neste trabalho dele e em Minutemen. SJA-Darwyn CookeA sua forma narrativa, nos faz querer estar naquela época e testemunhar todos os acontecimentos, de tão nostálgico que é, de tão retrô que aparenta. Com isso dito, me pergunto por que não colocaram Terra-2 nas mãos de Cooke, fazendo-o dar o tom retrô que os personagens merecem... tá, existem outros personagens como o Sr. Incrível II, a Corporação Intinito, Dr. Meia-Noite II, Pantera II, Homem-Hora II, Jesse Quick, e por aí vai, mas poderiam dividir a revistas em duas, uma passando no passado, nas mãos de Cooke e outra no presente, com outro artista mais acostumado com a modernidade, colocando os filhos da SJA agindo em carreira solo ou em grupo como a Corporação Infinito.
Eu tenho certeza que os personagens do passado teriam o respeito que merecem nas mãos de Darwyn Cooke, que poderia manter o status quo da editora, colocando o Superman, Batman e Mulher-Maravilha da Era de Ouro compondo as histórias, também, mesmo que aparecessem esporadicamente. Assim teríamos Carter Hall e Shayera Hall, e no futuro Kendra Saunders, sem problemas nenhum. A DC Comics está na falta não somente de bons roteiritas, mas de bons editores e planejadores, também. A deficiência criativa passa para além dos roteiros dos quadrinhos.